Semente, Ser Sustentável

Dia Mundial da Diversidade

A natureza busca sua força na diversidade. Precisa dos bons, dos maus, dos loucos, dos desesperados, dos esportivos, dos doentes, dos corcundas, dos lábios leporinos, dos alegres, dos tristes, dos inteligentes, dos imbecis, dos egoístas, dos generosos, dos pequenos, dos grandes, dos negros, dos amarelos, dos brancos…São necessárias todas as religiões , todas as filosofias, todos os fanatismos, todas as sabedorias… O único perigo é que alguma dessas espécies seja eliminada ou oprimida pela outra. Nós não precisamos ser julgadores de ninguém. Esse não é o nosso papel.Não adianta trocar uma religião oficial por outra, é preciso respeitar todas elas. Ninguém é obrigado a conviver com quem não gosta, mas o mundo é grande, dá para cada um viver no seu canto e ainda assim respeitar a decisões e escolhas de cada um. Nós precisamos amar e respeitar uns aos outros e ponto final. Nós somos grandes e fortes quando somos diversos. 

“A NATUREZA ODEIA UNIFORMIDADE E AMA A DIVERSIDADE.
TALVEZ SEJA ONDE SE PODE PERCEBER SUA GENIALIDADE.”
|Bernard Werber|

Beijos Diversos

Olivia

Standard
Poesia, Refletindo, Semente, Ser Sustentável, Utilidade Pública

Nós e os nossos valores

Será que toda crise, toda podridão, toda crise que nosso pais está vivendo não está apenas refletindo o que nós somos, o que o povo brasileiro é na essência? Ou (para não generalizar também) seria tudo isso o retorno do que a maioria tem sido no seu íntimo? Ruy Barbosa disse no inicio do século 20: “Cada povo tem o governo que merece”.Como tem sido a liderança, o governo, as autoridades dentro de nossas casas?O que estamos vivendo no dia a dia? Eu não gosto muito de publicar textos de outras pessoas/autores (apesar de publicar bastante rsrsr). Mas essa moça tem ganhado o meu coração (e de milhares de pessoas no Brasil). A maternidade aflorou nela uma beleza literária imensurável. E esse texto MERECE ganhar mundão! Sei de muitas pessoas que leem meu blog mas que não tem instagram, então deixo aqui a reflexão que ela fez essa semana no seu perfil do insta, com todo meu respeito e admiração por essa mulher, que tem cara de menina e que acabou de se tornar mãe. Também já aderi a campanha: Lança um livro RAFA BRITES.

Nosso país vem passando por uma grande crise política, uso o gerúndio porque desde que tirei meu título de eleitora e fui conversar com o meu pai sobre, ele já falava da corrupção e provavelmente o meu avô disse que estavam passando por essa crise nos anos 60. Hoje acompanhamos ao vivo, on line, on demand os passos das investigações e como um grande triller de cinema ficamos esperando a hora da captura, (e torcendo contra a soltura) dos nossos vilões. Cenas como a do Garotinho esperneando, do Eike expondo a careca ou o Cerveró sendo linxado no avião fazem nosso coração bater mais forte. Risadas e o famoso BEM FEITO é o que mais ecoa. E se eu falar pra vocês que tenho pena de todos eles? Que choro vendo isso.Já sei, vão se revoltar como meus amigos, meu marido… e dizer pra mim: Pena? Pena eu tenho do coitado na fila do SUS, do professor com salário atrasado ou da família do policial baleado. Não discordo LÓGICO. Mas a minha pena é mais profunda. Vai além da pena circunstancial. É uma pena da alma. A pena pela falta de valores.O pior dos canalhas tem uma família e a ama. Roubam para o luxo.Para o supérfluo que oferecerão acreditando que os fará mais amado e admirado por todos. Ele não tem culpa ao deitar a cabeça no travesseiro. Ele é desprovido dela.Tenho pena deles pela distorção do que é ser feliz. Um barco para amigos, uma jóia para a esposa, uma viagem de primeira classe para os filhos na mente doente deles realmente o fará mais respeitado que levar todos até um bairro carente e mostrar um hospital novinho, moderno e pronto para atender a população e dizer: olha esse é o trabalho do papai, ganho para tornar esses projetos realidade. Tem nobreza maior? Pobre desse ser humano que não tem via de acesso a um sentimento tão sublime que é a compaixão. Me pergunto quem criou esses senhores e senhoras? Não tiveram sucesso ao ensinar o que é honra. A verdade é que nós não passamos de indivíduos carentes a procura do amor dos que nos rodeiam. Eles não são diferentes, mas entenderam tudo errado. Pobres criaturas, como o Criolo os chamou no Cd novo, garotos mimados.
Precisamos fazê-los pagar a pena judicial que eles tentam amenizar. Já a minha pena acho difícil conter. |Rafaella Brites|

Beijos Pensativos

Olivia

Standard
Pensamentos soltos, Refletindo, Ser Sustentável

Mudança

Toda mudança gera desconforto. Mas precisamos estar atentos com a direção da mudança. Toda vida causa euforia e contentamento. Assim como toda morte causa dor (por isso que crescer dói, parir dói, mudar dói,  pois é a morte da nossa infância e nascimento de outras fases, é a morte da nossa condição de ser apenas mulher para nos tornar além de mulher mãe, é a mudança de um lugar “confortável” para um lugar de mistério!).
Quando a mudança vem de dentro (e por dentro leia-se, que vem da alma) transforma nossa vida, nossa mente e nossa realidade, mas quando ela vem de fora é sempre desagradável. Por isso nem sempre uma gestação é tão agradável, pois o fator que nos deixou grávidas veio de fora e se uniu ao nosso corpo. E se pensarmos nas coisas simples da vida que enxergamos isso: quando decidimos dentro de nós mudar algum comportamento que nos desagrada e colocamos determinação e foco nisso, quando alcançamos a nossa meta nos sentimos vencedores. Porém quando temos que mudar por força externas (ex: a morte inesperada de alguém, a perda de um emprego e etc…) essa transformação é dolorosa. Óbvio que nem sempre temos o controle de tudo, e que muitas coisas irão nos obrigar a mudar durante a vida, mas eu creio que o exercício de constante mudança interna nos traz a maturidade e a leveza para enfrentar as mudanças externas, principalmente aquelas que não podemos controlar, e transformar algo doloroso e cruel em um ponte para crescer. E eu iria mais profundo, o exercício de mudança interna nos transforma em agentes controladores das mudanças externas. Acredito que quem desperta, sabe que tudo o que vê é reflexo de seu interior. Toda a loucura que ressalta no outro tem fonte em si! Todo absurdo que pensa estar fora, está dentro.

Quem inicia o trabalho de introspecção e silêncio, mudança e renovação, vê que há tanto trabalho de descoberta e transformação em si que não há mais tempo para reclamar e apontar feridas alheias.
Como andam a suas mudanças? Você tem mudado mais internamente? Ou apenas forças externas tem obrigado você a mudar? Já parou para pensar se você está gerando mais vida ou morte para si mesmo? Pare e repense se suas mudanças são suas decisões ou suas consequências? Você tem o domínio de si ou o mundo está de moldando e matando suas verdades?
Para quem é cristão deixo ainda uma última pergunta: como anda o desenvolvimento dos frutos do Espírito em você? Lembrem-se que cultivar os frutos do Espírito (Gálatas 5:22-23) nos traz mudanças internas, e mudanças internas geram vida, nos tornam melhores e mais próximos a Cristo! Pensem nisso.

Beijos de Mudanças

Olivia

Standard
AmorAmor, Refletindo, Semente, Ser Sustentável, Utilidade Pública

Sobre Gratidão

thanks-01

Em primeiro lugar, é bom diferenciar gratidão de servidão, de compromisso eterno e de outras ideias errôneas que acabam trazendo mais peso do que leveza. Essa palavra, sim, é que se aproxima melhor da sensação de gratidão: leveza. É um calorzinho bom dentro do peito, uma sensação agradável que faz os olhos brilharem e o sorriso se abrir naturalmente.

Como Cristãos nós temos alegria de sermos servos de um Deus vivo, acreditamos na Bíblia e ela nos leva a crer que devemos ser servos e estabelecer um compromisso eterno com o Pai. Porém a servidão ao nosso Deus não está e nem deve estar ligado naquilo que Ele faz, fez ou fará. Nos servimos a Deus porque amamos Ele e ponto. Para todas as outras coisas nós devemos ser GRATOS. E gratidão é leveza. Deus é leveza. Deus é graça, misericórdia e amor. E como somos abençoados não é mesmo? Eu frequentemente sinto vergonha das minhas orações que são cheias de pedidos, porque nós já temos tanto, recebemos mais do que precisamos e muito mais do que merecemos. Por isso gosto muito do dia de ação de graças, um dia no ano que reservo apenas para agradecer, agradecer, agradecer e agradecer. Apesar de ser uma tradição norte americana, eu prefiro introduzir esse costume na minha vida do que o dia de Halloween por exemplo. Entre uma festa para celebrar a morte e uma festa para celebrar a gratidão, eu fico com a última.

thanks-05

E caso você esteja lendo esse texto sem conseguir encontrar ago para agradecer (hoje ou em qualquer dia do ano), saiba que podemos acessar a gratidão ao ver que o sol está nascendo ou ao sentir seu calor suave tocando nossa pele ao final da tarde. Ela pode brotar ao receber uma mensagem carinhosa de alguém especial, alguém que é especial simplesmente por ser quem é e não por ter realizado “grandes feitos”. As pessoas que nós amamos despertam esse sentimento bom e pronto, e podemos ser gratos por isso. Gratidão que pode ser relembrada em situações em que nos superamos, em que fizemos da queda um passo de dança, como diz o poeta. Podemos ser gratos pelos mestres que cruzaram nosso caminho, pelos gestos de amizade que aquecem nosso coração, pela confiança que depositaram em nós em qualquer âmbito e em qualquer momento da vida, pelas estradas que percorremos, por aquela flor que caiu da árvore diante de nós num dia de solidão e que nos fez ver aquele momento com outros olhos. Todas essas maravilhas são fagulhas de Deus abençoando a nossa vida. Seja grato. é fácil e faz bem ao coração.

Se ainda assim continua repetindo as seguintes perguntas: Sentir gratidão por quem e pelo quê?
• Para você, o que significa gratidão?
• Que imagem lhe vem à mente quando pensa na palavra gratidão?
• A quem e ao que você é grato(a)?
• Qual é a melhor lembrança que você tem em relação a esse tema?

thanks-04

A Gratidão é leve mas é ampla, muitas vezes vai além de um sentimento, ela pode considerada um valor. Ela pode figurar entre valores como honestidade, gentileza, respeito, companheirismo.
E o que é um valor? Um valor é aquilo que sustenta e norteia as nossas ações. São aquelas coisas em que acreditamos e que nos fazem agir como agimos. Ter a gratidão como um valor significa uma mudança profunda na nossa experiência, nos faz ter um olhar diferenciado para reconhecer a beleza de cada momento. Ter a gratidão como um valor para a vida nos faz ter um maior interesse por tudo que nos cerca, nos faz assumir um compromisso radical com a felicidade. Essa tão procurada felicidade nada mais é do que estarmos enraizados no agora, é aquela vivência essencial de estarmos ligados a Deus, de termos uma relação profunda com a vida. Ela nasce da gratidão que nos ancora e nos faz perceber a riqueza que há em tudo que nos propomos a observar de coração.
Então te te encorajo a orar a Deus, a se regozijar e a começar a alimentar esse valor em sua vida. Alimente o seu gosto por ser feliz a cada instante, pelo que o instante apresenta, pelo que você é, e pelo que Deus fez por você.

Beijos de Gratidão e muito amor ❤

Olivia

Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. | 1 Tessalonicenses 5:16-18|

Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. | 1 Tessalonicenses 5:16-18|

Standard
Pensamentos soltos, Refletindo, Semente, Ser Sustentável, Viagens

Um mundo de Pinóquios

Para que servem as viagens senão para refletir sobre como nos posicionamos no mundo,como nos vemos no mundo, para nos livrar das opiniões que estão presas, para mudar o foco, não é mesmo?!!? Se você viajou e voltou igual, favor retornar para a viagem e só regresse quando mudar, para não ser uma perda de tempo. Não sabe como fazer? Leia aqui uma sugestão. Mas mude o foco. Viaje para se tornar mais e melhor. Obrigada. De Nada!.

Hoje quero falar de Pinóquio! Lembram dele? Comecei essa reflexão no instagram, mas queria estender ele um pouquinho mais aqui. Ícone presente na infância de 9 entre 10 crianças da minha geração (e de muitas outras também), Pinóquio me encanta.
Quase todo mundo considera o Pinóquio um péssimo exemplo, Pinóquios é sempre exemplo do que NÃO FAZER, do que NÃO ser. MAS EU SEMPRE TIVE UMA OPINIÃO DIFERENTE, desde criança eu amava Pinóquio, minha mãe dizia que ele era um exemplo do que não ser, mas eu não via assim. Guardei meu ponto de vista, mas hoje, adulta já não preciso sentir medo de me expressar, de ter uma opinião diferente. Num mar de heróis infantis, Pinóquio era um dos únicos personagens que parecia real, que era guerreiro, sonhador, lutador e HUMANO! Sim! ele é um herói infantil humanizado…que erra, mente, sofre, mas se redimi para tornar-se gente! Capitaram a mensagem? Eu acredito desde muito nova que nós aprendemos com a soma de erros e uma mente aberta para mudar, se redimir e sermos melhores! E Pinóquio é tudo isso. O ser humano é tudo isso. Ninguém nasce pronto, ninguém nasce Mulher Maravilha nem Super HOmem, mas todo mundo nasce Pinóquino. NÃO EXISTE NINGUÉM PERFEITO E PONTO FINAL. Por um mundo com mais “Pinocchios”. ❤

lisboa2016-86

Beijos Encantados

Olivia

Standard