LookDoDia, Trabalho Voluntário

Retrospectiva 2016 #2

Amanhã é natal, e Natal é época de aquecer o coração, de olhar para outro. POr isso esse post é especial com as fotos que fiz para a campanha em prol do hospital do câncer de Mato Grosso. Hospital que foi o grande sonho de vida do meu avô e eu me alegro de saber que ele já se foi, mas deixou um legado incrível para a nossa terra. Para quem não sabe meu avô foi o primeiro oncologista do Estado e dedicou sua vida em prol de combater essa doença tão cruel.
Incentivo você que chegou aqui a fazer algo, procurar pessoas, instituições sérias, ações de caridade, ongs…enfim..FAÇA ALGO! Aposto todas as minhas fichas que você tem muito mais do que precisa na vida e olhando assim todos podem ajudar o próximos, seja com amor, carinho, sorrisos, dinheiro, brinquedos. Espalhe coisas boas. Nosso mundo anda tão carente de gente do bem, e para ser algum “do bem” basta querer. #ficaadica
FELIZ NATAL QUE A LUZ A BONDADE E O AMOR DE JESUS POSSAM RENASCER EM SEUS CORAÇÕES!

Beijos de Amor

Olivia

Standard
Dicionário de Moda

Dicionário de Moda- Fascinator

Escolhi a palavra Fascinator porque ele é exemplo mais exótico dos adereços de cabeça mais conhecidos como chapéus. Acessório pouco utilizado no Brasil, mas que tem cada dia mais ganhado adeptos, o chapéu é um acessório e tanto. Eu amo chapéu desde pequena, porque cresci usando (minha mãe fazia uma chapéu para cada roupa minha e assim começou nossa história de amor. Onde moro a maioria das pessoas torcem o nariz quando me veem na rua de chapéu, mas eu nem me importo, pois além de ser um acessório super charmoso (e salvador de cabelo sujo, rebelde, revoltado rsrsr) ele nos protege do sol e potencializa a ação do protetor solar. Mas hoje vamos focar nos chapéus de festa, e quando falamos dele existe uma variedade de modelos com nomes diferentes. Vou tentar desmitificar alguns.

Existe diversos adereços de cabeças que geralmente são usados em festas, por isso a pergunta sempre é: qual é a diferença entre o fascinator, a casquete, a voilette e o chapéu de festa? A verdade é que o termo “fascinator” além de ser uma palavra bem gostosinha de se pronunciar, ganhou popularidade e tem muita gente abrangendo o termo para outras categorias. Porém, em meio a tanta novidade no vestuário, misturinhas e mix de sucesso, é praticamente impossível adequar a categoria certa para determinadas alegorias da vestimenta. O que vale mesmo é tentar identificar qual é a parte do acessório de cabeça que prevalece. Parece difícil, né? Então, tecnicamente falando, veja quais são as diferenças básicas entre eles:

headpiece-09

Fascinator– Eram originalmente um tipo de cobertura de cabeça de malha leve. Desde a década de 1990 o termo refere-se a uma forma de headwear formal usado como uma alternativa para o chapéu; É geralmente um grande projeto decorativo ligado a uma faixa ou clipe, às vezes incorporando uma base para se assemelhar a um chapéu em miniatura, caso em que pode ser chamado um hatinator. Na técnica o fascinator é apenas um adorno de cabelo feito de plumas, penas e pedrarias. Só que com advento da moda, as criações e novas leituras, o termo abrangeu.Não dá mais pra limitar o fascinator aquelas pequenas tiarinhas, ou fivelas de cabelo decoradas. Mesmo sendo esta a teoria, quando nos deparamos com uma casquete forrada de flores que acrescentam muitos centímetros à estatura, eis que surge um novo tipo de fascinator.

headpiece-07

headpiece-06

Mix – E de repente nos deparamos com modelos de chapéu/ fascinator/ casquete/ voilette ou sabe-se lá o que for, certo? Não dá pra denominar cada uma das criações que os designers lançam por aí. Por isso fica a dica, é muito mais fácil tentar decifrar qual é a parte que predomina na cabeça de cada famosa antes de sair falando o que é o quê por aí….

headpiece-03

headpiece-08

Chapéu – O chapéu de festa não é tão difícil de identificar. O acessório cobre completamente a cabeça, e mesmo assim existem modelos misturando penas, plumas e até aquele famosinho véu conhecido como voilette. E agora? Nestes casos vai prevalecer o chapéu, que dominou a maior parte da cabeça.

headpiece-01

headpiece-02

headpiece-10

Casquete – Agora sim, a casquete confunde e muito a cabeça das nossas meninas. Tem quem jure de pés juntos que a casquete não passa de um fascinator. E não está errado dizer que sim, porém tecnicamente falando a casquete é quase como um pequeno chapéu, mesmo com tantos ornamentos subindo pela cabeça.

headpiece-04

Voilette – A voilette é aquele véu que cobre o rosto, parte dele ou apenas um detalhe de véu envolvendo uma pequena parte da cabeça. O véu sempre aparece em conjunto com um chapéu, ou qualquer outro acessório de cabeça, até mesmo fixada apenas no penteado.

headpiece-05

ALERTA FASHION!! Reparam que nesse post só tem chapéu na cor rosa? Pois é, não é por acaso. O rosa e tons de rosa claro (Parece que a cor Pantone 2016 não quer nos deixar tão cedo) nos bonés, chapéus, gorros e todo tipo de adereço de cabeça estão super em alta. Então se você assim como eu adora enfeitar a cabeça fique de olho, terão modelos lindos disponíveis por todo lado, até me modelo de chapéu de palha.

Beijos Fascinados

Olivia

Standard
LookDoDia

Retrospectiva 2016 #1

A partir de hoje começa a entrar apenas posts programados (quase todos looks antigos que estavam em pastas e que esqueci ou não tive tempo de postar) pois eu estou saindo de férias. Ficarei um tempinho offline curtindo a vida. Vou tentar deixar o máximo de post agendados, mas na correria de final de ano está complicado. Para entrar no clima de verão que começa daqui a 5 dias (uhuuruuuu!! melhor estação! Amo muito o verão!) um look bem fresh e confortável com a peça queridinha de 2016. Se pudéssemos eleger uma peça para definir 2016, com certeza ela seria a Pantacourt. BOMBOUUU muiiito esse ano! E ainda está bombando. Podem colocar na mala que vai usar muito, principalmente quem vai para destinos com praia como eu. Usei essa produção para um dia quente, mas ele cabe perfeitamente para um dia de praia, pois ele vai da areia ao jantar passando pelo happyhour e terminando na baladinha. É só trocar a bolsa, acessórios, sapato, prender ou soltar o cabelo e voilá! estará perfeita! Quero passar meus dias assim.

Body: Lenny Niemeyer para C&A| Pantacourt: Torre de Paris| Bolsa: Chanel| Brinco; Mariah Rovery| Escarpim: Guess

Beijos Ensolarados

Olivia

Standard
Dicionário de Moda, MODA

Cores Pantone e Você!

O instituto Pantone divulgou ontem a cor Pantone para 2017. E ela é linda! Em 17 anos, pela primeira vez em gosto das cores Pantone por 2 anos consecutivos rsrsrs. Depois do azul, os tons de verde são os meus preferidos, e não foi diferentes do Greenery (Pantone 15-0343), um tom refrescante e revigorante que é um símbolo de novos começos. Muitas pessoas ainda se perguntam: e o que eu tenho haver com isso?. A melhor resposta seria NADA! Mas eu ouso dizer que TUDO! rsrs. Mesmo você achando que a cor eleita para um ano não influencia em nada na sua vida, não é totalmente assim.Toda vez que procuramos opções de produtos em lojas, dicas em sites e revistas, nos deparamos com a tal da tendência e, por mais que tentemos, é difícil fugir dela totalmente. Grande parte dos produtos à venda não foge à regra imposta pelos geradores de tendências. Porém, ocorre que algumas delas estão presentes no nosso dia a dia de forma bastante sutil, e requerem um olhar mais atencioso para que sejam notadas. Uma delas é a tendência de cores, e a grande geradora dessa tendência na cor é a gigante Pantone.
Vamos entender.

pantone-color-04

Essa marca foi criada no ano de 1962, nos Estados Unidos, Nova Jersey, e ficou mundialmente conhecida ao estabelecer a escala de tons e colorações que leva o nome da empresa. Esse sistema passou a ser utilizado em companhias das mais variadas áreas, desde a de plásticos e tecidos, e – é claro – a de tintas e gráfica. No início, a Pantone fabricava apenas cartões de cores para cosméticos, mas o sistema numérico criado pela marca — que ficou conhecido como a Escala Pantone — revolucionou a indústria. A partir disso, foi possível identificar cada cor sem que se tivesse que contar com o “achismo” das pessoas quanto ao tom desejado. O padrão foi criado pela empresa, porque decidiram não mais ter nomes de colorações com palavras, mas sim por meio de números – códigos – de identificação. Ou seja, as diferenças regionais e de ponto de vista cultural foram extintas, criando-se uma norma. Por conta dessa inovação, um sistema versátil e preciso, a Pantone se tornou a referência absoluta nesse mercado.Essa marca cria tanto paletas para que as tonalidades possam ser escolhidas com precisão, como fornece tintas para usos diversos e ultimamente tem se associado a diversas empresas para fazer produtos coloridos, tais como móveis, utensílios e até decoração para residências, hotéis e escritórios! Outro grande diferencial que a marca apresentou ao mercado é justamente a mistura única de pigmentos que utiliza, o que resulta em uma cor exclusiva, sem grandes variações de nuance em sua produção. Desse modo, há a possibilidade de se gerar desde as cores mais sólidas até nuances como metálicos e florescentes.

A cor Pantone eleita de 2017 <3

A cor Pantone eleita de 2017 ❤

Agora que você conhece as cores e a bagagem por trás delas, fica mais fácil saber como aplica-las com sabedoria. Isso por que não basta apenas você saber quais são as tendências e usa-las para seguir o fluxo, é interessante entender que existe uma razão por trás das pesquisas e um observatório de comportamento global. Elas sempre estão envolvidas com o que costumamos chamar na área de Design e de Moda como zeitgeist. Essa importante expressão alemã significa “espírito do tempo” e diz respeito ao conjunto do clima intelectual e cultural do mundo, em uma determinada época. Isso significa que o espírito de tempo está em todos os lugares – e envolve absolutamente tudo ao nosso redor -, deixando sinais em antecipação de que algo está para ocorrer, em linhas gerais, é quase como uma previsão do tempo. Normalmente, as agências que trabalham com previsão de tendências estão sempre viajando pelo mundo observando o que acontece e como surgem os grandes movimentos, as ebulições.
O estilo das ruas, as pesquisas científicas, os assuntos mais discutidos no momento, o trabalho de novos artistas, estilistas e arquitetos, enfim, as fontes são inúmeras e muito variadas. A partir disso, eles começam a reunir as “coincidências” – os pontos em comum – e encontram também pontos isolados muito relevantes que vão fazer toda a diferença no futuro. Eles desvendam e influenciam o amanhã. Não é algo mistico ou sobrenatural, é um trabalho sério e muito elaborado de pesquisa de mercado.

pantone-color-03

POR QUE A TENDÊNCIA DE CORES É TÃO IMPORTANTE PARA O MERCADO?
A tendência é, em si, num sentido de consumo, um mecanismo social que rege a escolha das pessoas. Além da influência da escolha do grupo sobre a escolha do indivíduo, sabe-se há muito tempo sobre a forte atração que as cores exercem sobre o cérebro humano e o poder que elas têm de influenciar o nosso comportamento. As cores conectam, sensibilizam, atuam na identidade e conferem originalidade a tudo. As combinações de cores certas, em um produto ou ambiente, podem definir a compra, o desejo de ali estar, a inspiração, o senso de admiração e a magia. Já a escolha errada pode causar a desistência, o incômodo, a inadequação e a repulsa em uma pessoa. Logo, o uso inteligente de cores é um passo à frente para o sucesso e um mecanismo de manipulação muito sutil e sedutor. Ou seja, uma arma poderosa para os negócios. Desde que a Pantone define a cor do ano, independente dela ser bem aceita pelo público ou não, passamos a ser expostos à essa influência de muitas formas, diretas ou sutis, e em vários meios de comunicação.

pantone-color-01

 EU ME CONSIDERO(A) CONSERVADOR(A), DONO(A) DE UM ESTILO PRÓPRIO E NÃO COSTUMO ME PAUTAR PELAS ÚLTIMAS NOVIDADES COM FREQUÊNCIA, ENTÃO NÃO TENHO NADA A VER COM AS CORES DO ANO?
Sim, você tem a ver com elas. Ninguém é obrigado a usar as cores porque elas são as cores do ano, elas apenas representam uma ideia geral e traduzem o que mais tem a ver com o mundo nessa época em que vivemos. Muitas pessoas já utilizariam naturalmente essas cores, mesmo sem saber da notícia e do peso que elas representam e isso é muito bacana, pois mostra que há um inconsciente coletivo e que as cores são realmente uma síntese disso.Para quem trabalha com algo relacionado a saúde, por exemplo, talvez seja interessante abordar a linha da psicologia das cores. Podemos pensar em algo que aparentemente não tenha nada a ver, como quem trabalha com peças automotivas: você pode se atualizar com as novas cores em detalhes, aproveitando produtos do seu catálogo, dando destaque para estes e fazendo ações promocionais. Se você achar pertinente, pode introduzir as cores em pequenas coisas, sem mencionar nada sobre elas. Confesso que em 2016 usei muito as cores Pantone porque me apaixonei com elas, diferente do que aconteceu em 2015, quando a cor foi Marsala, e não me agradou muito.
Desde 2000, a Pantone anuncia a cor do ano. Para 2016, a Pantone inovou e anunciou duas cores para serem as protagonistas do ano: Rose Quartz (Pantone 13-1520) e Serenity (Pantone 15-3919), foi a primeira vez que isso aconteceu.As cores divulgadas pela Pantone são referência para a industria do vestuário, arquitetura e decoração, arte gráfica, tecnologia digital, produção de tintas, plásticos e tecidos, e é muito importante que todo esse mercado esteja a par de sua influência. Então se você trabalha com moda, design, decoração, midia e etc faz parte do dever de casa se atualizar e estar por dentro das cores que são tendências. Eu confesso que ja estava a uns 7 meses namorando uma bolsa verde, agora então vou comprar sem duvidas nenhuma.

 

Beijos Pantonemente Coloridos

Olivia

Standard
AmorAmor, Trabalho Voluntário

Pirilampos

No texto do Novo Testamento que descreve o nascimento do Menino Jesus está dito que os céus repentinamente foram cheios com a Glória de Deus. E o verbo usado é “perilampein”.
“Lampein é brilhar. Dele se deriva “lâmpada”. E “peri” quer dizer “em volta”: um brilho que ilumina tudo ao redor. É desse verbo que deriva “pirilampo”…
Pirilampo é vaga-lume. Você pode imaginar que as estrelas, repentinamente, apareceram como milhões de vaga-lumes- e a luz era tão bela que aqueles que a viram sentiram que ali estava presente a beleza divina.
Quem vê a beleza divina num cacho de vaga-lumes com certeza viu a glória de Deus.
Que os Pirilampos os abençoem
.
|Vaga-Lumes- Rubem Alves|

pilampos-carteirinha

pirilampos-carteirinha

Beijos Brilhantes

Olivia

Standard