AmorAmor, Gravidez & Maternidade

PARA A MÃE DA MÃE DO MEU FILHO

 

Sei que o dia das mães é só amanhã, mas lembra que nunca consegui esperar até o domingo pra dar o desenho com tinta cola e glitter que sujaria a casa toda né? Esse é meu primeiro dia das mães como mãe, mas por algum motivo parece que é meu primeiro dia das mães como filha … O natural seria eu escrever o texto sobre mim e meu momento. Mas só consegui pensar em você. Quando descobri que seria mãe fui me informar, estudar e até procurar no Google como fazer. Foram 9 meses assim. Não fui perguntar como você criou 2 filhos porque naquela época andávamos soltos, sem cadeirinha no fusca, não se falava em parto humanizado, nem de quarto Montessoriano,se dava chupeta com açúcar, gordura da carne… por aí vai. Você respeitou tudo, quis saber das novidades(foi estudar e se tornou minha doula), porque afinal de contas os tempos mudaram. Mas aí, meu filho nasceu. Em meio aquele caos emocional, a exaustão de um parto e a dor da cirurgia. Eu só queria você! Só entregava meu filho para você! Mesmo ficando com ele entre um choro e outro você me trazia água, remédios, me mandava ir tomar banho… dormir.De uma hora pra outra eu entendi. Levei um susto até, por perceber que você sente tudo isso que eu acabava de sentir por aquele bebê por mim! Como há 33 anos você se sente assim mãe? Você me ama mais que tudo. Você de fato me ama mais que eu te amo. Chego a ficar com um pouco de vergonha por algumas besteiras que já fiz. Sorte a minha que sempre fui uma ótima filha, se não o baque seria maior. Entendi porque até hoje você fala pra eu não ir fundo no mar quando estou mergulhando, NUNCA deixou de orar, mesmo quando sabia que eu sairia para farrear e beber, aceitava meus amigos doidos e insanos para me ter sempre por perto, em casa, mesmo quando íamos no shopping comprar presente para você, saímos apenas com sacolas pra mim. Num piscar de olhos te entendi. Me deu uma mistura de pena com compaixão e acima de tudo gratidão. Não sei se já te falei isso… acho que não. Mas dali pra frente eu fiquei aliviada porque compreendi que eu tenho tudo que preciso para ser uma boa mãe.Tenho tudo guardado na memória e no coração. Vou te imitar como fazia quando pequena colocando seus sapatos de salto e saindo andando pela casa. Meu filho é abençoado por a mãe dele ter a mãe que tem.
|Rafa Brites parafraseada por eu mesma|

Beijos de Amor

Olivia

Advertisements
Standard
AmorAmor, Nascendo, Semente

Reativar em 3,2,1…

Volteiiii😬 e estou mais e mais do que nunca envolvida no mundo fascinante da maternidade! Então guentaaaa pq vamos falar muiiito disso Ainda 😍. O que aconteceu foi que resolvi fazer 365 de jejum de restrições ao uso das redes sociais finalizando com 90 dias de abstenção total de todas as redes sociais (sem postar, curtir ou visualizar). O OliviaFigueiredo.com.br não entrou no propósito, mas no meio do caminho achei válido desacelerar por aqui tbm.
Não faço jejum para alcançar algo de Deus (apesar de Sua Graça nos encontrar mais nesses momentos) mas sim para EU alcançar Deus! Por isso creio que é o item mais necessário no trabalho, no JOB Cristão (já falei sobre isso aqui no site). Jejum geralmente é de alimento, mas em sua essência tem que ser de algo que verdadeiramente será um sacrifício para nós. E jejum alimentar para mim durante anos de pratica foi se tornando fácil. Em 2017 resolvi que queria ir além e retirar algo que me prendia…e as redes sociais nos prendem muito. Não foi fácil, não fiquei 100% feliz com o meu empenho (principalmente em relação ao uso do WhatsApp) mas estou no caminho, e no final estou muito grata, pq de tudo o que eu pedi, no fundo o que eu mais queria era Deus! Estava com saudades de PApai, de ficar em seu colo, de aprender com Ele, de ouvir Sua voz….e Ele foi além, muiiiito além do que eu podia imaginar! Me deu PRESENÇA, me deu SIGNIFICADO e me deu uma MISSÃO como mãe e usou meu filho para me mostrar coisas grandiosas que Ele tem reservado para nós! Gratidão Pai! Gratidão pela capacitação, pelo chamado, pela herança, POR UM FILHO DESENHADO NO CÉU (José nem fala e já ganhou um monte de gente pra Cristo). Gratidão por cada mãezinha que o Senhor tem me enviado para cuidar, gratidão por me usar como instrumento pra sua Glória! Gratidão por me ensinar a ser uma mãe segundo o seu coração!! Te amo💙

Beijos ensolarados, perfumados e saudosos

Olivia

Standard
AmorAmor, Pensamentos soltos, Refletindo

✞=♡

Quando Jesus estava no ápice da dor física e emocional, na primeira hora da cruz, quando Deus parecia prestes a intervir, Jesus, num esforço sobre-humano, clamou: Pai, perdoa-os porque eles não sabem o que fazem. Provavelmente foi a primeira vez na história que um ser humano mutilado e esmagado pelo sofrimento conseguiu se preocupar com as pessoas que o torturavam. Jesus defendeu todos os seres humanos perante Deus. A partir desse acontecimento, toda vez que um ser humano erra e se aproxima de Deus, seja qual for a maneira de aproximação, suas falhas são compreendidas. Se ele perdoou os torturadores de seu filho, quem pode escapar da grandeza do seu amor? |Martha Seillier|

Feliz Páscoa

Beijos de Amor

Olivia

Standard
AmorAmor, Refletindo, Semente, Ser Sustentável, Utilidade Pública

Dia de Ação de Graças

Eu sempre falo sobre o dia de ação de graças aqui no blog, e esse ano apesar da minha ausência não poderia ser diferente. Esse ano não vai ter textão , mas vai ter meu protesto pacifico sobre esse dia lindado que época um dos feriados (só perde para o natal) mais importante dos Estados unidos e época celebrado em vários outros países desenvolvidos. Cada vez mais vejo a cultura do Hallowem penetrando no Brasil, nada contra quem gosta, mas eu acho que deveríamos usar esses tempos de conflitos sociais e econômicos no nosso pais para colocar em cheque tudo aquilo que andamos copiando. Por isso deixo minha pergunta:POR QUE NAO TROCAR A MANIA DE COPIAR UMA FESTA QUE SIMBOLIZA A MORTE PARA UMA FESTA QUE SIMBOLIZA A GRATIDÃO???

 

Sejam Gratos….SEMPRE! ❤

Beijos Gratos

Olivia

Standard
AmorAmor, Fotografia, Gravidez & Maternidade

Voltamos…

Olá de volta! Fiquei mais de mês de férias (na verdade desde o dia 19 de junho) deixei vários post programados para o mês de julho, mas por motivos desconhecidos eles não entraram. Sem problemas, sem neuras, o site volta agora com gás total. Já vou logo avisando que estou imersa na vibe da maternidade, então vai rolar muito post sobre esse assunto (Alô futuras mamães de plantão, vamos juntas!! \0/ ) e claro muito looks. Aguardem!
Para iniciar uma foto linda do ensaio que fizemos nas férias.

Beijos Barrigudos

Olivia

Standard
Gravidez & Maternidade

i vou ser Mãe!

Existe aquela crença que não se deve contar sobre a gravidez para ninguém antes das 12 semanas,
e apesar de não acreditar muito nessas coisas decidimos não contar antes. Creio que felicidade não compartilhada, ou tardiamente compartilhada é mais saudável! Há! e gente, não se pergunta se alguém está grávida né?- é um momento muito delicado e pessoal… Espero que entendam que precisei esperar o meu momento pra dividir com vocês. Eu sei que esse momento pode ter demorado (já estamos de 6 meses, caminhando para o sétimo), mas cada um tem o seu tempo, e esse foi o meu. E a real é que decidi contar principalmente porque ficou quase impossível esconder a barriga e não queríamos ficar mentindo, caso contrário estaria em segredo ainda. Então mês passado postei um vídeo no instagram (me segue lá, @francisoliviacampos para poder ver!) do momento que contei para minha mãe minha gravidez e foi um estouro! Bombou! Foi bem legal. Nossa caixa de mensagem, inbox, whatsapp ficou cheia, muito cheia de carinho e amor, foi bem gostoso mesmo.

Nosso filho deve nascer em Setembro, e desde que começamos a contar para aqueles que estão a nossa volta (no começo só nossa família sabia), temos recebido tanto carinho que posso afirmar com certeza que nunca estive tão feliz! Contamos para a família em Abril (logo após fazermos o primeiro ultrassom morfológico e completarmos 3 meses de gestação) e tem sido uma delicia os momentos que estamos compartilhando, as ideias, os planos. Ver a nossa família crescendo nos deu um gás a mais. Família é tudo de bom mesmo. Meu filho nem nasceu e já nos trouxe uma sintonia muito maior. Fico emocionada só de pensar.
Estou descobrindo todo um mundo, me preparando da melhor maneira possível para receber meu bebê. É muito engraçado ver que coisas que me preocupavam quando pensava nessa fase se tornaram insignificantes! Achava que seria um fardo abrir mão do meu Bellini, da minha ginástica, da minha alimentação doida (mas que eu amo!)… Mas desde que descobri meu instinto é cuidar do bebê, e um Bellini simplesmente não me atrai como antes (dá super para esperar ele nascer e mamar para então retornar à minha paixão). É muito louco ver meu corpo mudando a cada dia para que o bebê cresça, é um momento muito surreal, a cada dia que passa acontece algo novo.E eu confesso que essas mudanças são essenciais e nos trazem certa tranquilidade viu!..porque no começo da gravidez é tudo o que você têm para acreditar que você está realmente gravidá, principalmente pessoas que já passaram antes por um aborto retido como eu.

A DESCOBERTA!
Descobri a gestação no finalzinho de Janeiro (estava de 5 semanas), por conta de uns exames médicos para iniciar uma dieta (tinha retornado da viagem a Austrália e queria perder os 2,9 quilos extras adquiridos na viagem). O exame médico em si seria uma ressonância magnética corporal e 2 dias antes do exame minha menstruação estava atrasada então resolvi fazer um exame de BetaHCg para demonstrar para o médico que não haveria problema de eu fazer exame, porque minha menstruação só estava atrasada e eu não estava grávida (na minha cabeça eu não estava gravida de jeito nenhum, bobinha!). Tive alguns sintomas do primeiro trimestre que incomodavam (um cansaço louco, falta de ar, aversão a cheiros e a algumas comidas, muiiiiita azia e dor de cabeça..e claro os temidos enjoos) mas nada dos enjoos horríveis que já ouvi por aí, eram enjoos leves, mas que incomodavam muito, ô coisa chata viu! acho que tive sorte porque tem mulher que fica bem mal. Desde que completei 12 semanas a maior parte deles passou; no lugar deles ganhei uma falha de memória que me assustou. Uma coisa de louco, parece que minha mente foi invadida por hackers malignos e deletada, a memória de curto tempo também sumiu. Alguém me fala alguma coisa agora, daqui a 3 minutos já esqueci hahaha.
Fui até pesquisar e descobri que os cérebros das mães diminuem cerca de 15% do seu tamanho natural durante a gestação, por isso esquecimentos são normais, legal que esqueci até de gente chata e insignificante hahaha, e agora só não esqueço que estou grávida porque a barriga já está crescendo, heheh, não dá mais pra esconder.
Já sabemos o sexo, não quis fazer o exame de sangue então esperei até aparecer na ultrassom… Mas sinceramente não importa, de verdade! Quando a gente engravida o foco muda! Você quer saúde pro seu bebê, muita saúde pro seu bebê! Acho engraçado quando me perguntam o que prefiro, eu confesso que antes de engravidar sempre preferi e sonhei ter filho homem, mas como dizem que a mãe sempre erra, achei que viria uma menina heheh! Mas não é que Deus é bom e ouviu meus sonhos! Seremos pais de um menino que já é muito amado. No mais, ainda não sei como falar sobre a gravidez e a maternidade aqui no blog, então se vocês tiverem sugestões elas serão muito bem vindas! Tive tanto o que pensar e planejar nos últimos tempos que não cheguei a decidir como faria, mas prometo uns looks grávidas, já que esse tipo de postagem faz muito sucesso por aqui. Aguardem!

Beijos Cheirosinhos de Johnson & Johnson

Olivia

Standard