AmorAmor, Nascendo, Semente

Reativar em 3,2,1…

Volteiiii😬 e estou mais e mais do que nunca envolvida no mundo fascinante da maternidade! Então guentaaaa pq vamos falar muiiito disso Ainda 😍. O que aconteceu foi que resolvi fazer 365 de jejum de restrições ao uso das redes sociais finalizando com 90 dias de abstenção total de todas as redes sociais (sem postar, curtir ou visualizar). O OliviaFigueiredo.com.br não entrou no propósito, mas no meio do caminho achei válido desacelerar por aqui tbm.
Não faço jejum para alcançar algo de Deus (apesar de Sua Graça nos encontrar mais nesses momentos) mas sim para EU alcançar Deus! Por isso creio que é o item mais necessário no trabalho, no JOB Cristão (já falei sobre isso aqui no site). Jejum geralmente é de alimento, mas em sua essência tem que ser de algo que verdadeiramente será um sacrifício para nós. E jejum alimentar para mim durante anos de pratica foi se tornando fácil. Em 2017 resolvi que queria ir além e retirar algo que me prendia…e as redes sociais nos prendem muito. Não foi fácil, não fiquei 100% feliz com o meu empenho (principalmente em relação ao uso do WhatsApp) mas estou no caminho, e no final estou muito grata, pq de tudo o que eu pedi, no fundo o que eu mais queria era Deus! Estava com saudades de PApai, de ficar em seu colo, de aprender com Ele, de ouvir Sua voz….e Ele foi além, muiiiito além do que eu podia imaginar! Me deu PRESENÇA, me deu SIGNIFICADO e me deu uma MISSÃO como mãe e usou meu filho para me mostrar coisas grandiosas que Ele tem reservado para nós! Gratidão Pai! Gratidão pela capacitação, pelo chamado, pela herança, POR UM FILHO DESENHADO NO CÉU (José nem fala e já ganhou um monte de gente pra Cristo). Gratidão por cada mãezinha que o Senhor tem me enviado para cuidar, gratidão por me usar como instrumento pra sua Glória! Gratidão por me ensinar a ser uma mãe segundo o seu coração!! Te amo💙

Beijos ensolarados, perfumados e saudosos

Olivia

Advertisements
Standard
AmorAmor, Gravidez & Maternidade, Nascendo, Semente

Parto Humanizado

PARTO HUMANIZADO é um parto que você passa por ele sorrindo, pq tudo que traz vida, traz alegria. Na foto eu sorrindo, agradecendo pelas 18hrs de parto vividos e que foram lindos, vendo minha médica ser humana e se colocar na posição de coadjuvante, observadora, partejando comigo cheia de amor. Minha doula-guardiã-mãe atras apoiando minha decisão, um ciclo de mulheres fortes completada pelo meu marido fotografo…..e só! Só nós 4 amando e esperando um quinto elemento que estava chegando: José Leite💙
Depois tudo mudou, mas e dai?!? Eu ainda estava lá decidindo tudo.
Não! Eu não tive o parto que sonhei, mas eu tive o parto que escolhi, o parto que meu filho escolheu.

Parto humanizado é ter sua escolha, a sua vontade e acima de TUDO a sua voz RESPEITADA! É ser autora do seu momento e não vítima de um médico controlador que quer ter domínio do processo porque afinal de contas ele é “médico e ele sabe mais que você” (ninguém sabe mais da gente do que nos mesmo, nenhuma faculdade de medicina dá esse poder ao homem). É ter conhecimento de tudo que poderá acontecer para ter a liberdade e a tranquilidade de decidir o que é melhor para vc, principalmente nos momentos críticos (conhecimento gera liberdade e tranquilidade).

Parto Humanizado é separar conceitos e saber que “DOR” é diferente de “sofrimento”, é ter nas suas mãos o conhecimento e consentimento de tudo que está acontecendo. É tirar o peso das opiniões alheias das costas, das suas próprias costas. É viver! Todas as vezes que deixamos alguém controlar nossas vidas e vontades entramos em colapso emocional!

Por isso para mim parto humanizado é uma teia de conexões humanas profundas onde o médico respeita a doula que respeita o marido e a mulher que se alto respeita e por consequência respeita o seu bebê que respeita à natureza. Por isso eu defendo que toda mulher deve escolher ter um parto humanizado, seja ele normal, cesárea ou natural. Não se engane, parto humanizado não é ter filho na banheira, parto humanizado é parir uma onda de humanidade!

Parir é normal!

Beijos Humanizados

Olivia

Standard
Nascendo, Refletindo, Semente

Feliz 2017

No próximo ano faça com o tempo o que ele faz com você. Aproveite-se dele!
Curta cada dia como se fosse o primeiro, curta cada dia como se fosse o último.

ano-novo

“Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro,
tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.
Carlos Drummond de Andrade

Beijos Renovados

Olivia

Standard
Nascendo, Pensamentos soltos, Refletindo

Perder+Doar= PerDoar

Aprendi, outro dia que perdoar é a junção de “per” com “doar”.
Doar é mais do que dar.
Doar é a entrega total do outro.
O prefixo “per” que tem várias acepções,
indica movimento no sentido “de”
ou em “direção” a ou “através”
ou “para” etimologicamente falando,
portanto, perdoar, quer dizer doar ao
outro a possibilidade de que ele possa amar,
possa doar-se.
Não apenas quem perdoa que se
“doa através do outro”.
Perdoar implica abrir possibilidades de
amor para quem foi perdoado,
através da doação oferecida
por quem foi agravado.
Perdoar é a única forma de facilitar
ao outro a própria salvação.

Doar é mais do que dar: é a entrega total …

Perdoar é doar o amor,
é permitir que a pessoa objeto do perdão
possa também devolver um amor que,
até então, só negara …
Artur da Távola

Beijos Per-DOADORES

Olivia

Standard