Gravidez & Maternidade, LookDoDia

Cintura de Grávida

Ou mais conhecida como cintura império que é essa que começa logo abaixo dos seios e que deixa a barriga confortável e ao mesmo tempo mostra uma coisa que toda grávida tem de bonito: O peitão!
Apesar de achar lindo, confesso que não usei muito na minha gravidez esse tipo de cintura, mas aos nove meses e meio fui a um casamento e usei um vestido ideal para usar esse tipo de cintura. Usei esse vestido no aniversário de 60 anos da minha madrinha aos 6 meses, mas fotografei aos nove meses porque a barriga estava mais evidente.

Vestido: Aliexpress| Cinto: 25 de março antigo| Brinco: Unique Acessórios

Beijos Barrigudos

Olivia

Advertisements
Standard
Gravidez & Maternidade

Sonar Portátil Para Gestação

Sem dúvidas uma das coisas mais legais que eu adquiri na minha gravidez foi o sonar portátil ou monitor cardíaco fetal. Ele nada mais é que um aparelinho que possibilita você a escutar o coração do bebê quantas vezes quiser, na hora que quiser. A principio eu queria um modelo importado chamado Shell da marca Bellabeat que você acopla no seu smartphone e escuta a hora que quiser, mas ele estava esgotado quando fui para Miami fazer o enxoval, então resolvi comprar uma versão brasileira que é super bacana também.
O funcionamento dele é bem simples, você aplica gel transmissor na barriga e vai deslizando o aparelho até encontrar o coração. Você irá ouvir vários ruídos e barulhos internos (aquela história que dentro da barriga é tudo calmo constatei que é mito, lá dentro é turbilhão de sons hahaha), mas quando encontrar o coração é emoção pura,
você saberá na hora que é seu bebê pulsando vida dentro de você. Confesso, é viciante! Para as gravidinhas de plantão fica a dica, ele não custa tão caro e é uma delicia. Vale a pena comprar.

O modelo que eu comprei você acha fácil em vários sites, só pesquisar “monitor’ ou “detector- doppler” cardíaco fetal. Existe vários modelos, alguns são mais sofisticados mostrando até mesmo a frequência de batimentos cardíacos (por isso são mais caros) e outros mais simples e baratos, o meu aparelho custou 120 reais, mas só dá para ouvir.Para a próxima gestação vou comprar o modelo importado Bellabeat.

Esse é o meu sonar, ele é simples, mas a emoção é mesma. Ele já vem com um gel, fones de ouvido e um cabo para caso queira ligar em uma ciaxa de som ou ainda gravar o coração do bebê.

Beijos Barrigudos

Olivia

Standard
AmorAmor, Gravidez & Maternidade

Chá de Benção

Chá de benção, diferente de um “chá de bebê” onde o instuito é confraternizar, comemorar e presentear a gestante com bens matérias na maioria dos casos (fraldas, itens de enxoval, etc…), o chá de benção visa presentear a gestante com coisas que realmente não tem preço! Coisas realmente valiosa, coisas que para mim acima de tudo são sagradas pois vem de corações que me amam e que estão conectadas comigo! Basicamente um chá de benção pode ser visto como um ritual de boas vindas e desejos sinceros de “bom parto”, mas quando é verdadeiro vai além! Serve para nos conectar ao nosso sagrado feminino, a herança Divina que Deus nos deu de sermos fortes, guerreiras e destemidas! De fortalecer a vida uma das outras e a nossa própria vida através de um elo bom, perfeito, agradável e desenhado por Deus para toda a humanidade. Uma humanidade que deveria viver relacionamentos saudáveis de amor e compreensão com o próximo!
Eu não quis chá de bebê, nem de fraldas porque não senti vontade de fazer, além do mais eu ganhei de surpresa um lindo chá de bebê aos 6 meses de gestação na casa da minha madrinha em Junho quando fui para celebrar o aniversario dela, então achei desnecessário fazer outro chá (de fraldas por exemplo), uma vez que José irá usar fraldas de pano e o enxoval já estava pronto desde os 5 meses. Mas ameiiiii demais meu chá de benção, foi um dos momentos mais especiais da minha gestação. Um momento poderoso e muito lindo! Serei eternamente grata!

Mas como é que funciona???
Apesar do nome, o Chá de Bênçãos não é um evento religioso. Mas o meu acabou direcionado para esse caminho porque somos ligadas religiosamente, mas não é obrigatório. O essencial é que a futura mãe se reúna com outras mulheres de seu círculo familiar e de amizade para se fortalecer, receber incentivo, apoio e carinho para essa etapa final, como se estivesse na última etapa da subida de uma montanha. Em alguns lugares, apenas mulheres participam e muitas vezes a iniciativa de organizar tudo parte da própria doula, como forma de reforçar o vínculo com a gestante. Mas tudo depende de como a grávida vai se sentir mais à vontade. No meu caso fomos apenas mulheres, mas meu marido participou de grande parte e quem organizou foram minha amigas junto com minha doula e mãe (para quem não sabe, a minha doula é a minha mãe, que é doula mesmo de formação, mas isso vou deixar para outro post).

Conforme a hora do parto se aproxima, é normal que a grávida fique ansiosa, com medo e até duvide de sua capacidade de colocar uma nova vida no mundo.-Eu estou super calma, minha GO até reclama da minha calmaria, mas as pessoas a minha volta estão super ansiosas, dá para sentir.- Então como forma de fortalecer e acolher as gestantes nesse momento que antecede a chegada do bebê, muitas delas têm recebido o Chá de Bênçãos, uma celebração que surgiu entre círculos de mulheres, como forma de apoiar aquelas que estavam se preparando para um parto normal. Quando as 40 semanas se aproximam, a maioria das mulheres começam a se perguntar se seu corpo vai dar conta ou não, se serão capazes de realizar o parto que sonham e também surge uma pressão externa, da família, do marido, eu tenho pensado muito nisso, mas sempre que esse pensamento vem tento pensar positivo que vai dar tudo certo, e meu chá de benção serviu muito para isso. Isso não quer dizer que aquelas que optaram pela cesárea não podem celebrar, você sempre pode adaptar.

O Chá de Bênçãos costuma ser realizado a partir da 37ª semana de gestação, já perto do parto, e não tem uma estrutura fixa. Ainda assim, alguns rituais costumam se repetir. O encontro geralmente começa com a preparação de um escalda-pés para grávida, ou uma massagem ( aquecer os pés é como aquecer os órgãos internos, principalmente o útero o que pode ate estimular as contrações). Algumas mulheres fazem coroas de flores para a grávida enquanto proferem seus desejos. Também há aquelas que gostam de pintar a barriga com o desenho de um bebê no útero: é o chamado “ultrassom de parteira”. Depois as pessoas convidadas passam a expressar seus desejos para a mãe e o bebê. Pode ser coragem, fé, confiança, alegria, luz. Esse momento pode ser construído em forma de uma pulseira da amizade que vamos fazendo juntas ou ainda sendo escritas em pequenos pedaços de papeis com mensagens de incentivo para a mãe que poderá ler quando entrar em trabalho de parto. O importante é que haja uma recordação material do momento, que poderá dar força à mãe na hora do parto.

Fonte de pesquisa: Site Crescer

Beijos Abençoados

Olivia

Standard
Gravidez & Maternidade, LookDoDia

Póa na Gravidez

Usar póa durante a gravidez pode ser uma escolha arriscada, ams eu amei tanto esse vestido, o shape, a altura, enfim tudo! Usei bastante durante a gravidez, e nada melhor que essa época para escolher roupas que nos deixam mais barrigudas, é tudo que queremos no fundo hahaha. Confiram.

Vestido:ZARA| Escarpim: Guess| Bolsa: Chanel

Beijos Barrigudos

Olivia

Standard
Gravidez & Maternidade, LookDoDia

Salto Alto na Gravidez

Assunto polêmico por aqui: Salto Alto na gravidez. Pode usar? Não pode? Quais os riscos? Os especialistas se dividem em relação ao uso de sapatos de salto alto na gravidez. Todos, no entanto, concordam que o uso do salto alto modifica sua postura e altera seu centro de gravidade, colocando mais pressão sobre a região lombar da coluna, já bastante vulnerável na gestação. A minha médica me liberou o uso desde que eu tomasse mais cuidado ao andar (para evitar quedas) e me orientou a parar de usar assim que minha coluna começasse a doer, porém esse dia nunca chegou (Thanks God!). Assim eu usei meus amados saltos até os 9 meses, agora no finalzinho que meus pés estão mais inchados, ando por optar por uma rasteirinha ou um tênis na maioria dos dias, mas levo muita “bronca” por ai quando resolvo subir no salto rsrsrs. As pessoas se sentem no direito de te dar ordens nesse período, mas eu tento levar com leveza, sempre digo que “nem as grávidas podem perder o glamour”. Claro que acabei dando preferencia para os sapatos de salto plataforma que são mais confortáveis para andar, mas vale lembrar que eles têm o mesmo risco de queda: eles tornam muito mais fácil virar o pé, principalmente quando o piso é irregular (como calçadas com buracos ou piso de paralelepípedos), então tem que ter cuidado redobrado e sempre se lembrar que o importante é estar confortável.
Ate mesmo os médicos que não veem problemas no uso do salto recomendam que você tome a decisão baseada no seu conforto. Eu sou daquelas que me sinto super desconfortável de salto baixo, no final do dia a pressão sobre o meu calcanhar parece ser maior, provavelmente porque já estou muito habituada ao uso de salto, então algumas dicas são: Você pode, por exemplo, levar um par de tênis ou sapatos baixos na bolsa e calçá-los depois do trabalho (ou no fim da festa). Ou passar para os modelos sem salto a partir das 25 semanas de gestação. Ou ainda abrir mão do salto para fazer as tarefas do dia a dia e só usá-lo em ocasiões especiais…
IMPORTANTE!!! não podemos esquecer que um dos efeitos da gravidez é fazer seus pés aumentarem. Além de correr o risco de ficar com bolhas nos pés, você pode acabar laceando demais seu sapato favorito, que pode acabar ficando largo demais para você usar depois da gravidez. Então os meus sapatos mais queridinhos estão de férias rsrsr.

Então eu acredito que para resumir o importante é: ter a liberação do médico para o uso, não sentir dores e sempre prezar pelo conforto. E ser feliz, até mesmo na gestação, essa fase de tantas mudanças e descobertas na nossa vida.

Beijos Barrigudos e de Salto Alto

Olivia

Standard
Gravidez & Maternidade

Yoga na Gravidez

Vários estudos ja comprovaram que os benefícios da ioga ou yoga durante a gravidez são imensos.Além da melhora no equilíbrio mental, a atividade também estimula a flexibilidade corporal e ajuda a gestante a manter uma boa postura, prevenindo as dores nas costas. Também prepara o assoalho pélvico – músculos localizados na região entre as pernas que ajudam a controlar o ânus, a vagina e a uretra – para o parto normal. Alem disso tudo a yoga aumenta a circulação sanguínea, diminuindo o inchaço tão comum no fim da gestação. Como os exercícios de respiração fazem com que o coração bata mais depressa, os rins também passam a funcionar mais rápido, minimizando a retenção de líquido, que provoca o inchaço. Para alcançar os benefícios da ioga, é necessário regularidade nas aulas. Importante que gestante faça a atividade, no mínimo, duas vezes por semana. Se já praticava os exercícios antes de engravidar, ela pode começar já no primeiro mês de gestação. Caso contrário, é mais indicado iniciar após o terceiro mês. Não há limite para parar com os exercícios durante a gravidez. Eu estou no nono mês e ainda praticando. O mais importante é sentir-se bem nas posições e, claro, sempre conversar com o seu obstetra.

As polemicas invertidas. Muitos defendem que não podem, outras defedem que podem. NO meu caso minha medica liberou e eu me comprometi a praticar ate quando me sentisse bem, caso contrario iria parar. Importante ressaltar que eu ja praticava invertidas a muito tempo, e por uma dose extra de segurança (e pelo equilíbrio do barriga) voltei a praticar perto de alguma parede para aumentar a segurança.

Eu nao pratico a yoga como filosofia de vida como muitas pessoas fazem, não faço meditação ou fico entoando mantras por exemplo (minha meditação se chama oração), mas compartilho de muitos princípios propagados por ela, como auto conhecimento e domínio do seu corpo, desejos e vontades, e as posições conhecidas como asanas (que são só uma parte da filosofia em si) me tem sido muito benéficas ao longo dos anos de pratica (pratico desde 2007), principalmente na respiração que melhora a circulação e aumenta seu domínio sobre seu corpo.

Invertida ate no ultimo mes. Me sentia sempre muito melhor.

Lembrando que toda atividade fisica deve ser liberada pelo medico obstetra antes de voce iniciar. E quem planejando engravidar eu super recomendo iniciar alguma atividade física acompanhada de um profissional porque esse fato ajuda muito durante a gestação, eu me vi livre de vários sintomas que muitas gravidas reclamam e minha medica me garantiu que se deve ao fato de eu ter uma vida saudável antes da gestação. Então fica a dica.

Beijos Barrigudos

Olivia

Standard